História da Evolução Política Económica e Social

Os arquivos nacionais.
Bloqueado
Mighell
Lana
Mensagens: 56
Registado: 05 mar 2009, 05:42
Profile @ eRepublik

História da Evolução Política Económica e Social

Mensagem por Mighell » 22 set 2009, 13:58

- Dezembro de 2007:
Está-se nos primórdios do eRepublik, ePortugal ainda tem um cheiro a novo, pouco moldado por ideologias, por erros, por ambições.
A economia é conduzida por um grupo liderado pelo partido da maioria.
Surge então, uma nova vaga de empresários, disposta a enriquecer rapidamente, com salários abusivos, fazendo concorrência às empresas existentes.
Naturalmente essas empresas começam a falindo, os gestores abandonam o jogo e deixam para trás um rasto de desemprego e escassez de produtos no mercado.
É então que se chega à conclusão entre os vários partidos que é necessária uma intervenção do Estado.

- Fevereiro de 2008:
É posto em prática pelo presidente da altura, tostex, o Plano Portugal Superpotência - http://www.erepublikpt.com/viewtopic.php?f=4&t=241, utilizando o Estado como regulador, com o objectivo de reduzir o emprego e a deflação e o aumento do PIB, para que quando for implementado o módulo de guerra (Março), existam suficientes reservas de GOLD.
O plano prevê um pacto com as melhores empresas do país, que são apoiadas através de subsídios pelo Estado, para que no estrangeiro vendam os produtos a um preço bastante inferior ao praticado nesses países e assim trazer GOLD estrangeiro para os cofres estatais.
No final do mês, o Estado apercebe-se que não existe problemas em ter a moeda desvalorizada, mudando a taxa de câmbio de 1GOLD = 75 PTE, para 1 GOLD = 200 PTE, como incentivo da venda de GOLD ao Estado e decide abolir os impostos, acreditando que o Estado pode subsidiar a economia.

- Abril de 2008:
Com o módulo de guerra implementado, os EUA declaram guerra ao Canadá.
Devido a este acontecimento, a Europa envia uma força expedicionária, com alguns portugueses, com o objectivo de parar o avanço americano.
Com a corrida a armas, tickets e gifts, alguns empresários fora do plano aumentam os preços destes produtos para obterem lucro.
Sem dinheiro para comprar esses produtos inflacionados, os portugueses enviados não têm o apoio necessário para ajudar na defesa do Canadá.
É então que depois destas ocorrências, o presidente PHuSiOn9 decide colocar em prática o Plano Portugal - http://www.erepublikpt.com/viewtopic.php?f=4&t=406.
Também conhecido como Sieg Alho, tem como objectivo tornar a indústria mais eficaz, combater o capitalismo selvagem e desmedido, transferir trabalhadores entre sectores, onde haja necessidades de produção, diminuir o desemprego, criar tabelas salariais (mínimas), fixar preços, e evitar o desperdício de GOLD.
As empresas com maior capacidade de produção são subsidiadas pelo Estado, para upgrades de qualidade.

- Junho de 2008:
Eis que surge a fase PeNICO (Portuguese National and International Companies Organization), dando-se a Nacionalização - http://www.erepublikpt.com/viewtopic.php?f=56&t=644, que tem como objectivo aumentar a produção para acumular stock estratégico, aumentar os salários e baixar os preços dos produtos.
Consiste numa aliança entre as empresas do Plano Portugal e o Estado, em que se partilha o risco de negócio, os investimentos, as responsabilidades e os lucros, sendo as empresas controladas por vários cidadãos e com uma participação efectiva do Estado.

- Julho de 2008:
Com o passar do tempo, começa a contestação dos pequenos empresários, impossibilitados de gerirem empresas em ePortugal.
Entra em acção a Expansão Internacional - http://www.erepublikpt.com/viewtopic.php?f=69&t=849.
Nesta etapa, o objectivo é o Estado ajudar na criação de empresas no estrangeiro, para que esses empresários possam gerir a sua empresa fora de ePortugal, sem serem afectados pelo Plano.
Além disso, espera-se aproveitar a mão-de-obra estrangeira, de preferência inimiga, para aumentar a produção.
Este projecto não chega a ser implementado a 100%.

- Outubro de 2008:
O mês em que se dá uma importante mudança, a passagem da versão Beta para a V1.
A acompanhar esta mudança, surgem as raws (matérias-primas), inexistentes até então, uma nova fórmula de produtividade e a implementação da limitação de impressão de PTE, implicando grandes alterações nas políticas económicas, começando pela necessidade de duplicar o número de trabalhadores para produzir o mesmo e de alterar as cargas fiscais.
Deixa de ser vantajoso controlar o mercado sem dar espaço ao investimento privado e Judazs, na altura Presidente de Portugal, apercebe-se que é impossível prosseguir com a actual política de empresas públicas sustentadas pelo Estado.

- Novembro de 2008:
É então, que nos primeiros dias de Novembro, Judazs, gestor das empresas PeNICO, procede ao que muita gente chama de “o grande roubo”.
O seu objectivo é manter um conjunto de empresas, que não se prendam a ideais políticos e que se mantenham independentes do Estado, criando-se uma oligarquia privada, que entre num espírito de mercado semi-concorrencial.
Assim, Judazs, afirma que na gestão das empresas do PeNICO, o Presidente não é eleito, mas sim escolhido pelo antecessor e decide desmantelar e privatizar as empresas, formando as orgPT, que passam a ser geridas apenas pelo próprio.
Paralelamente, em ePortugal os cidadãos são livres de criar a sua empresa se assim o desejarem e trabalharem para quem quiserem.

- Fevereiro de 2009:
É num contexto de várias vitórias de esquerda no eMundo, que se cria um Contrato de Devolução das orgPT ao Estado - http://www.erepublik.com/en/article/contrato-de-devolu-o-740831/1/20.
Nesse contrato, Judazs “empresta” as orgPT enquanto for mantida pelos sucessivos governos (mesmo que não sejam esses os seus valores), uma política económica baseada em valores de esquerda, entre os quais a igualdade entre os trabalhadores e a prática de salários correctos e preços justos.
Fica então na posse do Presidente de Portugal, mais de 40 empresas, ficando ele e o seu governo, responsável por geri-las.

- Setembro de 2009:
Até hoje e depois de várias reestruturações (abertura e fecho de algumas das empresas), o objectivo das orgPT tem sido regular o mercado e produzir para sustentar a máquina estatal.
Outro dos grandes objectivos pelos sucessivos governos tem sido a valorização da moeda, tendo já atingido e ultrapassado o valor pretendido de 1 PTE = 0.01 GOLD.
Imagem

Raikael
Napoleon
Mensagens: 630
Registado: 31 out 2008, 20:42
Profile @ eRepublik

Re: História da Evolução Política Económica e Social

Mensagem por Raikael » 22 set 2009, 14:08

Boa adição à eTorre do Tombo :)
Imagem

pesgores
Caesar
Mensagens: 438
Registado: 30 jun 2009, 17:15
Profile @ eRepublik

Re: História da Evolução Política Económica e Social

Mensagem por pesgores » 21 mai 2010, 19:06

E história depois disto? É possível um update?

Bloqueado

Voltar para “eTorre do Tombo”